segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O estilo único de Amy Winehouse


No dia 23 de Julho, a inconfundível cantora britânica Amy Winehouse ícone dos estilos Soul e Jazz foi encontrada morta na sua casa por um segurança particular numa tarde de sábado em Londres. 

Amy Winehouse foi encontrada morta no seu flat em Londres um dia antes de sua morte a cantora foi vista com uma considerável quantidade de drogas. O laudo do exame toxicológico revelou que a cantora teve morte acidental por abuso de álcool. 


A noticia deixou seus milhões de fãs ao redor do mundo tristes, porém conformados. As atitudes e o comportamento que Amy apresentava durante os últimos anos demonstravam uma artista que vivia suas recaídas constantes com o álcool e outras drogas entre elas a cocaína. Sua aparência cada vez mais frágil e debilitada estampava capas de revistas e tablóides ingleses. 


Sempre fotografada usando sapatilhas de bailarina nas ruas de Londres, Amy era fã de roupas justas e bem curtas.

O jornal New York Times publicou uma coluna sobre o estilo de Amy Winehouse, de acordo com a nota, assinada por John Waters, Amy tinha o "poder" de usar roupas baratas e até mesmo consideradas "cafonas" sem jamais ser confundida como uma cantora comum de karaokê."É difícil esquecê-la. Qualquer um que tentar imitar Amy Winehouse irá falhar. Nem mesmo as garotas com suas fantasias para o Dia das Bruxas, não vai dar certo", afirma o jornalista. Os decotes profundos "pin-up" viraram uma marca registrada da cantora assim como as roupas justas de cintura marcada e shorts curtos.

Em 2003, Amy estava no peso ideal e não aparentava que teria uma carreira marcada por escândalos. No lançamento do CD Frank, o primeiro dos dois álbuns lançado pela artista, a cantora apresentava um visual básico, porém com muita atitude.


Em 2006, Quando estourou no Mundo inteiro com o álbum "Back to Black", Amy já tinha posturas diferentes de estilo consolidando sua carreira musical com uma pegada meio hip-hop em referências retrô da música soul e outros ritmos da black music. 

A inglesa que vendeu mais de 12 milhões de discos, em oito anos de carreira, ganhou cinco prêmios Grammy em 2008 e deixa uma fortuna avaliada em US$ 33 milhões.

Elogiada e prestigiada ao redor do mundo, Amy vai deixar um vácuo na música pop recente. De acordo com o produtor Carlos Eduardo Miranda é uma perda inestimável para a música, pois ela "abriu caminhos para uma música pop pouco estereotipada". Nelson Motta, escritor e produtor musical, diz que há duas décadas não se via uma cantora como Amy.

Amy Winehause era conhecida por seus olhos com make gatinho, cabelão alto e armado à la Ronettes.
Com sua make de gatinho olhos esfumados e cabelo alto sempre armado, Amy nos passava uma imagem de mulher ousada. As tatuagens onipresentes, sua atitude e estilo, era sempre tão forte e visualmente cheia de emoção quanto suas músicas.

Amy também se apresentou na abertura da loja Fendi e mais uma vez Karl fazia louvores a cantora dizendo: "Ela  não é só uma musa, ela é um gênio. Ela é uma das maiores vozes de hoje.."
O estilista Alemão Karl Lagerfeld se inspirou em Amy para criar a coleção da Marca Chanel em 2007, segundo ele a cantora alem de musa era um icone de estilo. Já em 2008 Amy Winehouse foi convidada para cantar na inauguração da loja Fendi, na avenue Montaigne, em Paris. No mesmo evento Amy afirmou que entendia muito pouco de moda e procurava se sentir avontade seguindo o seu humor.

Amy Winehouse em ensaio fotográfico com as roupas que ela desenhou para a marca Fred Perry.
O sucesso transformou-a em diva e it girl (categoria de mulheres que têm o dom de influenciar muitas outras, com seu estilo de vida e seu guarda-roupa) da noite para o dia. Essa capacidade foi capitalizada pela marca britânica de roupas esportivas, Fred Perry, que a convidou para desenhar uma linha de roupas, no ano passado. Segundo o jornal Huffington Post  a parceria rendeu três coleções inéditas, que poderão ser lançadas mesmo após a morte de Amy. No entanto, a marca afirmou que somente dará andamento ao trabalho se a família da cantora estiver totalmente de acordo com essa decisão. Em outubro do ano passado, em entrevista à revista Haper's Bazaar, Amy declarou que as coleções para inverno 2011, verão 2012 e inverno 2012 já estavam prontas.

Na esquerda e direita fotos do úlitmo show de Amy em Belgrado, na Sérvia, no dia 18 de junho deste ano, aonde foi vaiada e logo em seguida sua turnê cancelada. No centro a cantora se apresentou em 
São Paulo em janeiro deste ano.
Mesmo com todos os escândalos e sua morte precoce Amy Winehouse era um talento singular, sua voz, música, moda e cultura se misturavam a vários caminhos com uma intensidade enorme, aonde o vicio se tornou melancólico e inesquecível.

Siga @namoaestudio no Twitter e confira namoaestudio.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...