sexta-feira, 22 de julho de 2011

Os Bastidores do Casamento Real em Mônaco "Príncipe Albert II e Charlene"

Devido aos inúmeros pedidos e buscas incansáveis no blog do estúdio Namoa, resolvemos fazer uma pausa nas ferias e dedicar um post ao casamento dos exageros  aonde a noiva usou três vestidos e os convidados se cobriram de jóias para uma cerimônia que durou três dias de festa com o príncipe Albert II, de 53 anos, e a ex-nadadora Charlene Wittstock, de 33.

Príncipe Albert e princesa Charlene cortam o maior o bolo de casamento no jantar de gala.


Chalene Wittstock ganhou o apelido de "a noiva em fuga" segundo afirmou o jornal inglês "Daily Mail" Charlene teria tentado fugir do casamento três vezes, a última tentativa ocorreu três dias antes da cerimônia, quando ela teria tentado embarcar para a África do Sul, mas foi impedida por funcionários do príncipe, que confiscaram seu passaporte e a convenceram a manter o casamento de pé. O motivo da fuga de Charlene "a descoberta de um novo filho ilegítimo" do noivo, o terceiro, fruto de uma recente relação extraconjugal de Albert.

Charlene usou um vestido Chanel longo com blazer na cerimônia civil.



Boatos os causadores de frisson deixaram a cerimônia muito + elegante e charmosa um verdadeiro conto de fadas.

O casamento teve uma organização ecologicamente correta: o menu era biológico e km zero, ou seja, produção local e o casal saiu em um carro elétrico.

O vestido principal foi assinado pelo estilista Giorgio Armani para a sua marca mais elegante, a Armani Privé. O tubo longo branco bordado com 300 pérolas e cristais tinha além da cauda longa, um véu e mais uma cauda como uma capa, presa na altura dos ombros.

Charlene usou uma jóia no cabelo, dispensando os brincos.



É a primeira vez que um casamento acontece em Mônaco sob forte esquema de patrocínio.  Montblanc, BMW, Lexus e Perrier marcarão presença na celebração.


O terceiro vestido um modelo branco, de babados também da Armani Privé. Foi escolhido para aproveitar a festa após a cerimônia religiosa.



Cerca de 3.500 convidados, assistiram ao casamento real, a cerimónia decorreu numa das salas mais luxuosas e imponentes do palácio, transformada, assim, em catedral por um dia.
Prince Albert foi apoiado por sua irmã, a princesa Stephanie e seus três filhos Louis, Pauline (segunda à direita) e Camille.


Entre os convidados da cerimônia religiosa estavam o estilista Karl Lagerfeld, diretor, criativo da Chanel, o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, a ex-modelo Inés de la Fressange, assim como o presidente do Líbano, Michel Suleiman, a presidente da Irlanda, Mary McAleese, o presidente da França Nicolas Sarkozy, a modelo Naomi Campbell, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, e toda a família real sueca.

Giorgio Armani  que desenhou o vestido de casamento de Charlene, participou da cerimônia com sua sobrinha Roberta, assim como Chanel Karl Lagerfeld, a modelo checa Karolina Kurkova com seu noivo Archie Drury, Naomi Campbell compareceu com o namorado Vladislav Doronin.
  
Esse casamento concerteza entra para a lista de conto de fadas! 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...